09 Jul
09Jul

Nos tempos de hoje, tirar um tempo para nós mesmos, relaxar, não é maravilhoso? Para os animais não é diferente. Existem diversas formas de fazer seu Pet relaxar, e a massoterapia canina é uma delas!

Saiba agora, o que é, para que serve e como fazer uma bela massagem no seu Dog.

A massoterapia canina consiste em movimentos realizados no corpo do cachorro em forma de massagem mesmo (como em nós humanos). Apesar de ser necessário uma certificação para realizar as massagens específicas, alguns carinhos e cafunés já ajudam muito.

Ganhar uma boa massagem, além de ser algo prazeroso, faz muito bem a saúde. Uma massagem bem feita reduz o estresse, ajuda na circulação, previne doenças, promove o bem-estar, melhora relação com o Pet, causa a liberação de ocitocina (hormônio do amor), entre outros benefícios.

Para aprender continue lendo e confira 4 locais e a forma de realizar a massagem no seu Pet.

Antes, um lembrete! Nenhum cãozinho é igual a outro. Você conhece seu pequeno, então se sabe que ele não gosta de ser tocado em algum lugar do corpo, ou se estiver realizando a massagem e ver que ele não está aceitando, não insista.

1. Massagem na cabeça:  A cabeça não é uma região tão invasiva já que os Doguinhos estão acostumados a receber carinho nela. É o 1 ° passo para deixar seu Pet confortável e sem estresse. Pode ser realizado com o Pet selecionado ou sentado. Massageie entre os olhos, nas bochechas, orelhas, fazendo movimentos circulares. Aos poucos ele vai relaxando e permitindo ser tocado em outras regiões.

2. Massagem nas Costas:  Relaxar uma coluna é muito importante para a sustentação e movimentação dos cães. Deite o cão de lado ou de barriga e inicie com carinhos, deslizando as mãos do pescoço até a cauda. Se seu cãozinho não estiver gostando de algum movimento, interrompa a massagem e não insista. Após as carícias, com seus cuidados, faça movimentos circulares no centro das costas, também deslizando do pescoço até a cauda. Movimentos delicados, sem aplicar força.

3. Massagem na barriga:  Um dos lugares que eles mais amam ganhar um carinho. A massagem na barriga é bem parecida com as costas. Comece fazendo carinhos no peito e na barriga. Quando o Pet estiver relaxado, faça movimento circulares com as pontas das juntas dos 4 dedos. Sempre movimentos leves e se o Pet estiver bem relaxadão, aplique uma LEVE pressão. Nada forte que o deixe desconfortável.

4. Massagem nas Patas: Por último e não menos importante, a massagem nas patinhas. Ela ajuda muito na circulação e é super indicada para animais mais idosos ou com dificuldade de locomoção. Acomode o Pet de uma forma que ele fique confortável para mexer nas pernas e patas. Comece massageando as pernas de forma suave, desça para as patinhas aplicando uma leve pressão com a ponta do seu polegar. Faça movimentos de vai e vem, para cima e para baixo. Termine com um belo alongamento nas pernas se o animal permitir, flexione a perna e depois relaxe-a.

Uma super dica:  se você tiver alguma pastinha de hidratação para patas, pode aplicar na hora da massagem.

Lembre-se:  Uma massagem canina só é 100% efetiva se realizada por Profissionais treinados a aplicarem as técnicas.

Essas dicas, são maneiras de realizá-las sem fazer mal ao seu cãozinho. Apenas para ele relaxar, ficar ainda mais saudável e ficarem os mais próximos. Porém, se ele estiver com algum problema de saúde, procure um veterinário ou profissional do ramo antes de aplicar essas dicas.

Nossos Petes merecem o melhor cuidado com muito carinho e muiiito amor.

E aí, gostou do Blog de hoje? Deixe seu comentário e compartilhe esse conteúdo com outras pessoas. Até a próxima ❤️🐱🐶

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.